RODÍZIO

JORNAL VIRTUAL NORTE

3ª. semana de maio de 2.020 - Ano XIII - Número 611 - www.jornalvirtualnorte.com.br


Edição
fechada
às 10h10

Mais 8,3 milhões de CPFs aprovados

Auxilio Emergencial - balanço geral (Grupos 1, 2 e 3)

Muda Brasil

Não compre sem
NOTA FISCAL.
O prejudicado é você!

Dinheiro

Procon-SP e
sindicato de escolas
fecham acordo.

CORONAVÍRUS

Obrigatório o uso
de máscaras no
transporte público.

Cadastro Único

O Manual do
Entrevistador e o
Auxílio Emergencial.


Edições Anteriores

2ª/mai. 1ª/mai. 4ª/abr. 3ª/abr. 2ª/abr. 1ª/abr. 4ª/mar. 3ª/mar.

Links de Utilidade Pública:    Prefeitura SP    Receita Federal    Nota Fiscal Paulista    Governo SP


Editorial

Página 2 - Jornal Virtual Norte


A República Federativa do Brasil compreende a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, autônomos em sua organização política administrativa, conforme a Constituição Federal de 1.988.
O Supremo Tribunal Federal, em decisão recente, garantiu aos prefeitos e governadores a autonomia para o enfrentamento da pandemia mundial do Coronavírus.
Segundo e Supremo, cabe a eles decidirem sobre o isolamento social, fechamento de comércio e outras restrições, independentes da posição da União. Esta interpretação, que contraria os princípios da federação, foi motivada por um pedido da oposição, leia-se Rede, nos termos da Medida Provisória 926, alegando - Ação Direta de Inconstitucionalidade - ADI 6343.
Mais uma vez, o Judiciário, através de sua corte máxima, interpreta a Constituição em detrimento do Executivo e do Legislativo.
Interessante é que na hora de pagar as contas, as despesas são todas de responsabilidade da União, conforme projeto aprovado pelo Senado de ajuda aos Estados e Municípios na ordem de 125 bilhões de reais.
Isto é, todos os brasileiros ´pagam pelas aventuras de meia dúzia de governantes que deixam claro que não querem combater a pandemia. Querem apenas desestabilizar o Governo Federal.

AGENDA


VACINAS GRIPE
Idosos, pessoal da saúde e agentes de segurança
UBS - Unidade Básica de Saúde

Shoppings
Center Norte, Lar Center, Santana Parque e Metrô Tucuruvi (parcial).


Aulas suspensas
nas escolas municipais, estaduais e particulares.
Registrando

QUARENTENA

Desde as edições anteriores, publicamos matérias editadas e resumidas das providências tomadas oficialmente pelos Governos Federal, Estadual e Municipal.


Presidente Bolsonaro
Nesta semana entregou o resultado dos exames de Covid-19 (Coronavírus) ao Supremo Tribunal Federal em processo do jornal Estado de SP. Resultado NEGATIVO.


CORONAVÍRUS
No Brasil, mais de 220 mil casos confirmados, milhares de suspeitos e 14.962 mortes.

Edição: Jornal Virtual Norte®
V. Medeiros - São Paulo - SP - Brasil
Fone: 11 2986-8975
Diretor responsável: J. S. de Morais
https://www.jornalvirtualnorte.com.br

Siga o Jornal Virtual Norte no Twitter
Utilidade Pública todos os dias
Acesse

JORNAL VIRTUAL NORTE

no FACEBOOK

Acesse


Coronavírus

Página 3 - Jornal Virtual Norte

Coronavírus: Quando devo procurar uma unidade de saúde?


Conheça os principais sintomas da doença e saiba como se prevenir. Recomendação é para a população não procurar imediatamente hospitais e prontos-socorros

Você sabia que postos de saúde são a porta de entrada para o cidadão? Quem apresenta os sintomas do vírus pode procurar uma das 468 Unidades Básicas de Saúde (UBS) da capital, deixando a rede de emergência (como hospitais e prontos-socorros) apenas para os casos mais graves de saúde ou para as pessoas pertencentes aos grupos de risco, que são as pessoas com idade a partir de 60 anos e os portadores de doenças crônicas graves. (Secom)

Os sintomas mais comuns da Covid-19 são:

Febre baixa
Tosse
Coriza
Dor de garganta
Sintomas respiratórios: tosse e dificuldade para respirar
Histórico de viagem (14 dias antes do início dos sintomas) ou contato com caso suspeito para coronavírus.

Se você tiver estes sintomas, procure atendimento médico.
Óbitos na capital de SP

2.681 - com confirmação de Covid-19 (Coronavírus)
3.044 - sem confirmação de Covid-19
5.725 - Total de óbitos até 14/05 (Covid-19 no MSP)


Telefone 136
Ministério da Saúde


Tem ligado aos usuários de telefone fixo e móvel solicitando informações sobre a saúde do cidadão.
O telefonema é eletrônico e fácil de responder: tecla 1 para Sim / tecla 2 para Não. São apenas cinco perguntas sobre sintomas e orientações.


Coronavírus: hospitais de campanha têm 671 pacientes internados

  Leitos Ocupados %
Pacaembu 202 159 78
Anhembi 887 601 68
Totais 1.089 760 70
Dados de 15/05 (Secom)

Dinheiro

Página 4 - Jornal Virtual Norte

Procon-SP e sindicato de escolas fecham acordo

A escola que recusar a negociar com os pais em sete dias poderá ser multada por prática abusiva

Nesta segunda-feira (11/5) o @proconsp e o Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado de São Paulo – SIEEESP, assinaram um Termo de Entendimento estabelecendo diretrizes para negociação das mensalidades das instituições privadas de serviços educacionais no ensino infantil, fundamental e médio durante esse cenário de pandemia mundial da Covid-19.
Nesse acordo, além do que o @proconsp já havia estabelecido em Nota Técnica divulgada no dia 7 de maio, as instituições de ensino deverão negociar alternativas para o pagamento, como por exemplo, maior número de parcelas ou desconto no valor das mensalidades; deverão atender ao consumidor no prazo máximo de uma semana; a recusa no atendimento implicará em infração ao Código de Defesa do Consumidor caracterizando prática abusiva e, durante a negociação, não poderão ser exigidos documentos cobertos pelo sigilo fiscal e bancário (como por exemplo, extrato do imposto de renda ou bancário), apenas os estritamente necessários que comprovem a falta de condição de pagamento.
O @proconsp recebeu mais de 5 mil reclamações de pais de alunos relatando que não conseguiam negociar com estas instituições. Diante dessa demanda, com o objetivo de resguardar os direitos dos consumidores e de garantir o equilíbrio contratual, na quinta-feira passada (7/5), divulgou uma Nota Técnica obrigando esses estabelecimentos a darem algum percentual de desconto.
Após dessa divulgação, as instituições de ensino procuraram o @proconsp por meio do sindicato para um acordo, no qual se obrigam a negociar com os pais e, assim evitar que o consumidor fique inadimplente ou endividado.
"O Procon está atento e vai estimular a negociação direta entre as partes, mas se não der o resultado esperado, vai intervir e instaurar procedimento administrativo que poderá resultar em multa", afirma o secretário de defesa do consumidor, Fernando Capez.
O @proconsp reforça que vivemos um evento imprevisível e de força maior. Boa-fé, equilíbrio e transparência são essenciais nas negociações entre consumidores e fornecedores.
Assessoria de Imprensa: Procon/SP


DA REDAÇÃO

No Editorial da semana passada, comentamos sobre as empresas do Simples Nacional e dos Micro-empresários (MEIs) e o devido recolhimento dos impostos estaduais e municipais.
Lembramos, também, da má vontade das empresas que prestam serviços na cidade em emitir Notas Fiscais. As atuais, por serem centralizadas e eletrônicas com numeração contínua, deixam claro a prática de sonegação fiscal. Só não vê quem não quer. Basta conferir o número de emissões para notar que alguns empresários não conseguiriam sobreviver.


RESULTADO DA NOTA FISCAL PAULISTANA (SERVIÇOS) DE MAIO - veja na pág. 7

Auxílio Emergencial

Página 5 - Jornal Virtual Norte

NÚMEROS DO CADASTRO ÚNICO E DO BOLSA FAMÍLIA

Os números do Cadastro Único e do Bolsa Família não deixam dúvidas de que os municípios brasileiros inflam o Cadastro Único em busca de dividendos políticos.
Ao dividirmos o número de habitantes pela média de quatro pessoas por família, o número de pessoas cadastradas consideradas de baixa renda é preocupante.
A Capital de SP tem 43% no Cadastro e destes 37% recebem o Bolsa Família, com um média de R$ 147 mensais.
Cidade Habit. Famílias* CadÚnico % Bolsa Fam %
S. Paulo/SP 12,18 mi 3.045 mi 1.301,878 43% 481.152 37%
Rio de Janeiro/RJ 6,32 mi 1,580 mi 544.282 34% 273.906 50%
Belo Horizonte/MG 1,433 mi 358 mil 171.082 48% 67.314 39%
Brasília/DF 3,015 mi 754 mil 167.523 22% 84.063 50%
Manaus/AM 2,182 mi 546 mil 263.980 48% 135.831 51%
São Luis/MA 1,100 mi 275,5 mil 185.966 68 81.167 44%
Porto Alegre/RS 1,500 mi 375 mil 105.850 28 52.758 50%
BRASIL 210 mi 52,5 mi 28.484.729 54% 14.274.274 50%
*4 pessoas por família. (Diese 3,8 pessoas)

Cidade Despesa Anual Média mensal
S. Paulo R$ 853 mi R$ 147
Rio de janeiro R$ 508 mi R$ 154
Belo Horizonte R$ 115 mi R$ 142
Brasília R$ 150 mi R$ 149
Manaus R$ 238 mi R$ 146
São Luiz R$ 149 mi R$ 153
Porto Alegre R$ 121 mi R$ 192
BRASIL R$ 31 bi R$ 182
Fonte: Ministério Desenvolvimento Social/MDS/Cadastro Único

Coronavírus

Página 6 - Jornal Virtual Norte

Cadastro Único
Criado em 2.001, regulamentado pelo Decreto 6.135 de 2.007

É um programa de identificação socioeconômica das famílias brasileiras de baixa renda. Renda mensal igual ou inferior a ½ salário mínimo por pessoa ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.
As famílias que tenham renda superior poderão ser cadastradas no Cadastro Único, desde que a inclusão esteja vinculada à seleção ou ao acompanhamento de programas sociais.
Suas informações podem ser utilizadas pelos governos federal, estaduais e municipais.
Assim, o Cadastro Único facilita a formulação e a implementação de políticas públicas capazes de promover a melhoria da vida dessas famílias. Pode ser utilizado como mecanismo de seleção de beneficiários para diversos programas e benefícios sociais conduzidos pelas três esferas de governo.

Importância do Cadastramento
O cadastramento das famílias no Cadastro Único permite identificar seu grau de vulnerabilidade, considerando questões como renda, condições de moradia, de acesso ao trabalho, à saúde e à educação.

Os responsáveis pelo cadastramento das famílias
O município é o principal responsável pelo processo de gestão do Cadastro Único.

Família
Unidade nuclear composta por uma ou mais pessoas, eventualmente ampliada por outras que contribuam para o
rendimento ou tenham suas despesas atendidas por ela, todas moradoras de um mesmo domicílio.
Responsável pela Unidade Familiar (RF): deve ser um dos componentes da família e morador do domicílio, com idade mínima de 16 anos, preferencialmente, mulher.

ENTREVISTA E COLETA DE DADOS
A coleta de dados será feita por meio de visitas domiciliares para que seja possível verificar as condições socioeconômicas da família.
As informações devem ser prestadas pelo Responsável pela Unidade Familiar (RF), que deve informar os dados das pessoas da família. Somente os dados daqueles que têm o domicílio como local habitual de residência e que compartilhem os rendimentos da família, ou que dependam desses rendimentos.
As informações prestadas são autodeclaratórias.
Ele será responsável pelos dados registrados no cadastro de sua família. Desse modo, caso venha a ser beneficiário de algum programa ou receba benefício a que não tenha direito, ele poderá ser penalizado por omissão de informações ou pela prestação de informações inverídicas.

MANUTENÇÃO DAS INFORMAÇÕES CONSTANTES NA BASE DO CADASTRO ÚNICO
Além de inserir os dados das famílias na base do Cadastro Único, os municípios devem tomar medidas que garantam que as informações estejam sempre atualizadas.
Assim, a fim de assegurar a boa qualidade dos dados cadastrais e garantir que as informações registradas no Cadastro Único estejam sempre de acordo com a realidade das famílias, o município deve realizar a atualização dos registros cadastrais, no prazo máximo de 24 meses. (cont.)

Coronavírus

Página 7 - Jornal Virtual Norte

Cadastro Único (cont.)

Atualizar: endereço do domicílio; renda da família; inclusão ou exclusão de componente na família; registro do CPF ou Título de Eleitor para o Responsável pela Unidade Familiar; registro dos documentos de todos os componentes da família; troca da pessoa Responsável pela Unidade Familiar; inclusão ou alteração de código INEP da escola; inclusão ou alteração da série escolar das pessoas da família.

DOCUMENTAÇÃO
Para que os componentes da família sejam incluídos no Cadastro Único, o Responsável pela Unidade Familiar (RF) deve, obrigatoriamente, apresentar CPF ou Título de Eleitor no ato da entrevista. Estes documentos são importantes para garantir que não haja multiplicidade de identificação de pessoas.
Para os demais componentes da família a apresentação de ao menos um documento, como a Certidão de Nascimento, Certidão de Casamento ou qualquer outro documento de identificação (RG, CPF, Carteira de Trabalho, Título de Eleitor). O NIS só será atribuído às pessoas que apresentarem ao menos um dos documentos aqui indicados.
Vale destacar que, embora a exigência seja a da apresentação de ao menos um documento, deve registrar todos os documentos apresentados para cada pessoa.
Quanto mais completa a identificação das pessoas registradas no Cadastro Único, maiores as possibilidades de implementação de ações específicas.
A regra de obrigatoriedade de apresentação de documentação não impede que pessoas ou famílias sem documentos tenham seus dados coletados.
As pessoas que não possuem documentação não poderão ser contadas para o cálculo da renda per capita da família e não poderão receber NIS.
É importante informar que ele não poderá ser beneficiário de qualquer programa social enquanto não possuir documentação. (Fonte: Manual do Entrevistador Cadastro Único /editado)


Nota do Milhão da Prefeitura de São Paulo premia moradora de Parelheiros

Vencedora de maio garantiu o prêmio de R$ 1 milhão

O sorteio de maio de 2020 do programa Nota do Milhão, da Prefeitura de São Paulo, foi realizado na tarde de terça-feira (05/05) no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê. A cerimônia seguiu as recomendações de segurança sanitária necessárias durante a pandemia da covid-19. A vencedora do prêmio de R$ 1 milhão, livre de impostos, é uma moradora do Bairro Parelheiros, na Zonal Sul da capital.
A nota que garantiu o prêmio teve valor de R$ 99 e se refere ao licenciamento ou cessão de direito de uso de programas de computador. O estabelecimento que prestou o serviço é do Jardim das Acácias, também na Zona Sul de São Paulo. No total, participaram do sorteio 1.227.626 notas fiscais. (Secom)

Dinheiro

Página 8 - Jornal Virtual Norte

Auxílio Emergencial - Lei 13.982/20

Balanço geral - abril e maio (Grupos 1, 2 e 3)

Desde o início do reconhecimento do direito dos brasileiros para o auxílio emergencial, em 3 de abril, a Dataprev já processou e devolveu 112,5 milhões de resultados à Caixa, após homologação pelo Ministério da Cidadania. O número representa 95,2% de conclusão do trabalho da empresa dos 118,2 milhões de solicitações recebidas entre os dias 3 de abril e 14 de maio. Os dados incluem todos os grupos de cidadãos analisados: informais (aplicativo e portal da Caixa), Cadastro Único e beneficiários do Programa Bolsa Família.

O resultado dos 112,5 milhões são:
59.291.753 foram classificados como elegíveis – atenderam aos critérios da lei.
36.858.102 foram considerados inelegíveis; e
16.409.347 foram identificados como inconclusivos e necessitaram de complemento cadastral.

Os demais 1.535.126 (1,3% do total) estão retidos pelo Ministério da Cidadania para processamento adicional.

E os demais 4.197.126 (3,5%) são cadastros realizados entre 1º e 14 de maio, que serão processados pelas novas regras definidas pela Lei nº. 13.998/2020, publicada nesta sexta-feira (15). (Dataprev)
Quem tem direito ao Auxílio

I - seja maior de 18 (dezoito) anos de idade);
II - não tenha emprego formal ativo;
III - não seja titular de benefício previdenciário ou assistencial ou beneficiário do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, ressalvado, nos termos dos §§ 1º e 2º, o Bolsa Família;
IV - cuja renda familiar mensal per capita seja de até 1/2 (meio) salário-mínimo ou a renda familiar mensal total seja de até 3 (três) salários mínimos;
V - que, no ano de 2018, não tenha recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 (vinte e oito mil, quinhentos e cinquenta e nove reais e setenta centavos); e
VI - que exerça atividade na condição de:
a) microempreendedor individual (MEI);
b) contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social que contribua na forma do caput ou do inciso I do § 2º do art. 21 da Lei nº 8.212, de 24 de julho de 1991; ou
c) trabalhador informal, seja empregado, autônomo ou desempregado, de qualquer natureza, inclusive o intermitente inativo, inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) até 20 de março de 2020, ou que, nos termos de autodeclaração, cumpra o requisito do inciso IV. (Câmara Federal)

Acontece

Página 9 - Jornal Virtual Norte

GRUPO BAUMGART organiza movimento em prol da zona norte de São Paulo

Um dos objetivos é arrecadar R$ 2,5 mi para comprar alimentos, itens de limpeza e higiene a famílias em situação de vulnerabilidade social na região

O Grupo Baumgart, por meio dos Institutos Center Norte e Vedacit, está mobilizando a zona norte para arrecadar recursos em prol das comunidades locais. O Juntos Pela ZN contra o Covid-19 tem como objetivo arrecadar R$ 2,5 milhões para a compra de alimentos, produtos de higiene e limpeza para as pessoas em situação de vulnerabilidade social, assim como EPI's (Equipamentos de Proteção Individual) para os profissionais da saúde, que serão doados aos três maiores hospitais públicos da região.
Com mais de 2.100.000 habitantes, a zona norte concentra os bairros com o maior número de mortes na capital paulista. A Brasilândia - quarto distrito mais populoso do município, com cerca de 280.000 pessoas - e a Vila Nova Cachoeirinha somam mais de 170 mortes, segundo o mapa epidemiológico da Prefeitura de São Paulo, divulgado em 10 de maio. Na cidade de São Paulo, são mais de 28 mil casos confirmados e 5.018 óbitos (entre confirmados e suspeitos).
Neste momento de vulnerabilidade, agir com colaboração é a palavra-chave para ajudar o maior número de pessoas. A união de toda a região - empresas, comércios locais, shoppings, moradores e todos que atuam no entorno - será fundamental para apoiar mais de 3.800, ou seja mais de 15 mil pessoas, ao longo de 3 meses, nos bairros Vila Guilherme, Brasilândia, Vila Nova Cachoeirinha, Tremembé e Jaçanã, e 3.000 profissionais da saúde de três hospitais da região.
Toda contribuição é bem-vinda. As doações podem ser feitas pelo site: http://zncontraocovid.com.br/, onde os colaboradores poderão acompanhar o valor que está sendo arrecadado e as ações realizadas, como a compra de cestas básicas, água potável, produtos de higiene, limpeza, máscaras e EPI's, assim como quais comunidades estão sendo beneficiadas.
Vale ressaltar que, até o momento, mais de 12.100 pessoas em 45 comunidades já receberam auxílio. As iniciativas do Grupo Baumgart somam-se às realizadas pelos parceiros, como o Sebrae. "Há 18 anos, o Instituto Center Norte trabalha com o objetivo de ajudar a melhorar a qualidade de vida dos moradores da zona norte de São Paulo. Acreditamos que o trabalho em rede, junto com o Instituto Vedacit, permite irmos ainda mais longe pelo bem comum no combate desta pandemia", comenta Waldir Chao, presidente da Cidade Center Norte, complexo multiuso que reúne os Shoppings Center Norte e Lar Center, o Expo Center Norte e o Novotel Center Norte.
"Diante do cenário em que nos encontramos, onde o Covid-19 vem impactando a vida de centenas de pessoas, devemos, mais do que nunca, agir com colaboração e solidariedade. É nosso compromisso nos unirmos para potencializar as ações de ajuda humanitária na região e atingir o maior número possível de beneficiados", completa Marcos Bicudo, presidente da Vedacit.

Movimento #FamíliaApoiaFamília
Desde o início do mês de abril, o Instituto Center Norte se uniu ao Movimento #FamíliaApoiaFamília em uma campanha de arrecadação de recursos para ajudar cinco ONGs da zona norte de São Paulo: (cont.)

Acontece

Página 10 - Jornal Virtual Norte



GRUPO BAUMGART organiza movimento em prol da zona norte de São Paulo (cont.)

Cresce - Instituto Espaço Vida, Instituto Edificando, PAC - Projeto Amigo das Crianças, Solid Rock Brasil e Instituto Resgatando Vidas (ONG acelerada pelo Gerando Falcões).
Chao reforça que o Instituto Center Norte tem atuado, também, em outras frentes para apoiar as comunidades da região neste período de isolamento, como a doação de cestas básicas para famílias de baixa renda. "Além disso, estamos arrecadando, há algumas semanas, doações dos colaboradores da Cidade Center Norte, bem como de nossos lojistas. São roupas, alimentos não perecíveis e outros itens essenciais, que estão sendo destinados aqueles que mais necessitam", ressalta o executivo.
CDI Comunicação (Cidade Center Norte)

Sobre o Grupo Baumgart

A história do Grupo Baumgart teve início em 1936 com a inauguração de sua primeira fábrica para produção de impermeabilizante, localizada na zona norte de São Paulo. São 84 anos de história com negócios de grande destaque no cenário socioeconômico do país. Na indústria química, está presente com marcas tradicionais como Vedacit. No setor de serviços, os Shoppings Center Norte e Lar Center. Ainda no setor de serviços, mas na área de feiras e eventos, o Expo Center Norte e, em hotelaria e turismo de negócios, o Novotel Center Norte. Já no agronegócio, estão as Fazendas Reunidas Baumgart e a Calcário Rio Verde.
Sobre o Instituto Center Norte

O Instituto Center Norte é uma organização sem fins lucrativos, criada pela Cidade Center Norte, cuja finalidade é ajudar a melhorar a qualidade de vida e a renda dos moradores da região da zona norte de São Paulo. As atividades iniciaram em 2002 e, desde então, o Instituto Center Norte busca contribuir cada vez mais para o desenvolvimento pessoal e profissional dos moradores, bem como para a implantação de soluções e inovações em ações sociais que visam tornar a zona norte mais sustentável.

Sobre o Instituto Vedacit -    Link

O Instituto Vedacit faz a conexão entre os negócios da Vedacit e os investimentos sociais. O intuito é contribuir para a construção de Cidades do Futuro, incentivando o empoderamento da sociedade, a melhoria na qualidade de vida da população e a integração entre pessoas, moradias e espaços urbanos.
Suas linhas de atuação estão divididas em: Cidades Criativas - com projetos culturais que proporcionem maior ocupação e interação com os espaços públicos, estimulando a reflexão e o protagonismo da população na solução dos problemas locais; Cidades Inteligentes - contribuindo na formação de jovens com alternativas de trabalho e empreendedorismo; e Cidades Sustentáveis - com investimentos em negócios sociais e projetos esportivos que promovam a melhoria da qualidade de vida e do bem-estar.
O Instituto Vedacit é responsável pelo Portal Futuro das Cidades, criado para informar e estimular uma discussão diversa e construtiva sobre o amplo universo contemplado pelo conceito Cidade. Acesse: www.futurodascidades.com.br.

Coronavírus /

Página 11 - Jornal Virtual Norte

Auxílio Emergencial: mais 8,3 milhões de CPFs são considerados elegíveis

Os cidadãos que fizeram solicitações no portal e aplicativo da Caixa | Auxílio Emergencial, entre 23 e 30 de abril, já podem verificar os resultados dos pedidos nos endereços:
www.cidadania.gov.br/consultaauxilio e
https://consultaauxilio.dataprev.gov.br,
além dos canais digitais (app e portal) do banco.
Após homologação dos dados pelo Ministério da Cidadania (MC), a Dataprev transmitiu à Caixa, nesta madrugada (15), os resultados de 14,6 milhões de requerimentos, dos quais 8,3 milhões foram considerados elegíveis.
Com mais esse lote de informações entregue, o processamento de abril atingiu 97,5% de conclusão do público dos informais, contribuintes individuais e microempreendedores (Grupo 1). Os outros 2,5% estão retidos pelo Ministério da Cidadania para processamento adicional e correspondem a 1.535.126 cadastros. A medida ocorre quando são identificados cenários complexos que exigem para o seu tratamento a especificação de novas regras e o cruzamento de novas bases de dados.
Até o dia 30 de abril, a empresa processou 60.535.849 pedidos, dos 62.070.975 recebidos pela Caixa. Os resultados foram os seguintes: 29.308.404 elegíveis – que atenderam os critérios legais; 14.821.238 inelegíveis – quando os dados informados pelo requerente não cumprem um ou mais requisitos exigidos pela legislação no cruzamento de dados com as bases oficiais; e 16.406.207 inconclusivos.

Análise e bases de dados
Na ocasião, Gustavo Canuto também explicou o trabalho de reconhecimento do direito do
cidadão. A empresa atua como parceira tecnológica do Ministério da Cidadania (MC) para realizar o processamento e cruzamento de dados dos brasileiros constantes nas bases oficiais do Governo Federal com os critérios da Lei n. 13.982, de 2 abril de 2020.
Segundo o titular da empresa, o processamento é feito com 17 bases governamentais de diversos órgãos e cada uma delas têm peculiaridades, finalidades e atualizações específicas.
"Não é possível que as bases do governo reflitam instantaneamente a situação de cada um dos brasileiros. Por isso, existem condições de rever o resultado do processamento. Justamente pela dificuldade intrínseca da verificação em bloco, com milhões de registros", disse Canuto.
As bases são geridas e mantidas por outros órgãos. "Temos bases da Receita Federal, da Secretaria do Trabalho, do Poder Judiciário etc. Os resultados são totalmente compatíveis com as informações constantes nessas bases. Contudo, há algumas inconsistências nesses bancos de dados, mas não podem ser atribuídas ao governo que tem pouco mais de 16 meses de gestão. Estamos fazendo o melhor possível com o que existe e essas bases existem há décadas. As dificuldades foram herdadas", destacou o presidente Gustavo Canuto ao explicar que a cada novo processamento realizado, o mecanismo é aperfeiçoado e os dados são revistos.
"É uma operação gigantesca. Os cadastros sociais devem ser atualizados para que a política pública alcance quem de fato precisa. É uma preocupação do governo do presidente Jair Bolsonaro entregar rápido, pois a situação assim exige. Foram grandes resultados em pouco mais de um mês e os números mostram a complexidade do processo. Estamos falando de quase metade da população brasileira", finalizou. (Caixa/Dataprev)

Água

Página 12 - Jornal Virtual Norte

SÃO PAULO NÃO TEM SÓ O SISTEMA CANTAREIRA

Nível das represas que abastecem SP

Represas nível Pluviometria no mês /
média hist. do mês
Guarapiranga 68,8% 8,4 / 59,9mm
Alto Cotia 96,6% 8,4 / 65,6
R. Grande (Billings) 80,7% 23,8 / 81,3
Rio Claro 90,0% 102,8 / 133,8
Tietê 80,6% 12,6 / 75,1
Cantareira 60,4% 16,3 / 77,2
Média do mês 79,51% 28,71mm / 82,15mm
Média de abril 81,71% 8,08mm / 105,91mm
Média de março 87,75% 75,25mm / 181,1mm
Média de fevereiro 89,66% 290,63mm / 202,45mm
Média de janeiro 78,60% 206,75 / 251,58mm
Média de dezembro 72,75% 124,68 / 202,1mm
Fonte Sabesp - Dados de 15/05

Centro de Apoio ao Trabalhador - EMPREGOS



JORNAL VIRTUAL NORTE ®

ANO XIII


Telefones de Emergência
Pronto Socorro - 192
Corpo de Bombeiros - 193
Defesa Civil - 199
Polícia Civil - 147
Polícia Militar - 190
GCM - 153
Prefeitura - 156
Disque Denúncia - 181
Procon - 151
CET - 1188
SUGESTÃO
Salve nossa página em Favoritos e tenha acesso a vários LINKs de utilidade pública.

Curtas

Página 13 - Jornal Virtual Norte

Política de Publicidade

A nossa política de publicidade é fundamentada no respeito aos nossos leitores da internet, que acessam nossas páginas buscando informações regionalizadas (zona norte de São Paulo) de utilidade pública, lazer e esporte, e sempre que possível linkadas.
Por princípio editorial, não comercializamos página inteira e janelas de propaganda (pop-up). Nosso modelo de diagramação permite que 1/3 de nossas páginas internas possam ser ocupadas com mensagens publicitárias no sistema de cms de altura por colunas (4). Nossas edições são publicadas na internet às sextas-feiras e as edições anteriores são mantidas pelo período de 12 meses, inclusive os anúncios. Diferente de outras publicações, onde se utiliza: preço máximo por clique, preço mínimo, taxa de clique, número de vezes, ordem de inserção, aliados a dificuldade do anunciante visualizar seu próprio anúncio, tudo isto com pagamento adiantado, a nossa proposta é que nossos anunciantes sejam vistos sempre que a página for aberta na internet, com preços justos e acessíveis, e a serviço de nossa comunidade.
Fale conosco!

Cartas










Este espaço está reservado para você, internauta. Envie sua reclamação ou sugestão para WhatsApp 11 96068-4766
Ecopontos na região:

Vila Guilherme
R. José Bernardo Pinto,1.480
Vila Sabrina
Av. do Poeta, 931

Santana
Av. Zaki Narchi, alt. do 360

Horário de funcionamento das 8 às 17h.
de 2ª. a 6ª.-feira e aos sábados até as 15h.

Voltar para a 1ª página
BANCAS DE JORNAL

Não é permitido a reprodução de textos, fotos e vídeos sem autorização prévia. Obrigado.